.Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

O mundo é nosso!?Só que é mais de uns do que outro...
Se um antigo presidente foi para a prisão signific...
Migrantes, emigrantes, refugiados, todos merecem a...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

Em destaque no SAPO Blogs
pub

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe (2019) 27 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 692 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > https://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Domingo, 10 de Janeiro de 2021

MADEIRA, MARAVILHAS INCRÍVEIS

A natureza no seu melhor

nnn.jpg

No espaço de pouco mais de um mês as zonas altas do Arquipélago da Madeira ficaram cobertas de neve. Foi em novembro (2020) e (agora) janeiro (2021). Uma situação que ocorre quase sempre nesta altura do ano. A verdade é que se nos pontos mais altos, acima dos 400 metros de altitude, cai neve, nas zonas baixas faz sol e as temperaturas oscilam entre os 18 e 23 graus, durante todo o o ano.  

O jornalista australiano, Jackson Groves, é um apaixonado pela Madeira e tem feito vários vídeos sobre a ilha, alguns com o registo de imagens incríveis > https://www.youtube.com/watch?v=Dq_mFoE-2D0

Para conhecer as 60 caminhadas de Jackson Groves na Pérola do Atlântico, clique no endereço > https://www.journeyera.com/madeira-hikes/. Impressionante!

publicado por j.gouveia às 18:06

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

MEMÓRIA DE ALMEIDA GARRETT

Quimeras da política

ga.jpg

“Já calcularam o número de indivíduos que é forçoso condenar à miséria, ao trabalho desproporcionado, à desmoralização, à infâmia, à ignorância crapulosa, à desgraça invencível, à penúria absoluta, para produzir um rico?" A questão foi levantada por Almeida Garrett (1799-1854), escritor e político português que morreu há 167 anos.

O seu ideário político está cheio de observações práticas e temas programáticos, orientado pelo “liberalismo” que professou toda a vida, a ponto de combater pela mudança de regime e ser obrigado ao exílio onde desenvolveu ainda mais os seus propósitos. Defensor da coerência no regime partidário, contra “grupos populistas” ou promotores de um clima “divisionista”, a sua voz fez-se ouvir com veemência no “Parlamento” da altura contra os “partidários” da “moda efémera” ou membros de “facções” irrelevantes: “E não confundamos facções com partidos”, alertava num célebre discurso; “destes não há senão dois em Portugal que mereçam com verdade esse nome. Um é o da monarquia velha, outro o da monarquia nova. Tudo o mais são divisões imaginárias e de capricho, sem limites naturais nem princípios conhecidos.”

Clarão enganador

Mas, avisava ainda, por detrás dos “partidos sinceros e consistentes, há (…) facções mentirosas, ininteligíveis, confusas, embusteiras e caluniadoras, descomposto agregado de verdadeiros duendes políticos, dos sofismadores de todos os princípios, de todos esses fidalgotes de aldeia que, por qualquer titulo, até pelo de bastardia, se querem aparentar com uma das duas nobres famílias de partidos (…) O empenho destas (…) facções, às vezes opostas, às vezes unidas, é iludir, enganar, confundir, enredar todas as questões que ou entre os dois partidos se levantam, ou se suscitam no seio mesmo de cada um deles, fazendo tal alarido de desordem que as questões se não entendam, que os pontos de dúvida se não esclareçam, e que, em vez de se decidirem com o raciocínio os objectos de discórdia, a discórdia desça às ruas, arme os braços, e atropele, em sanguinosas lutas civis, o que nem se conhece (…) ou devia ser objecto de questão. São como esses fantasmas que projectam na sombra o clarão enganador da lanterna mágica; nenhuma realidade têm, mas imitam espantosamente a verdade que desfiguram.”

Conclusão, as aparências ilusórias dos protagonismos partidários continuam a existir, agora em maior número do que no tempo de Garrett, e a exigir dos cidadãos mais responsabilidade nas escolhas para a os governos e as presidências. Nada de novo.

O romantismo em Portugal

Almeida Garrett, além de político, distinguiu-se como um os principais introdutores do Romantismo em Portugal e “grande impulsionador” da arte de representar, para a qual “promoveu a edificação do Teatro Nacional e a criação do Conservatório de Arte Dramática”, escrevendo “peças de carácter histórico” que visavam a “renovação da dramaturgia portuguesa”. As suas obras literárias mais famosas são: “Viagens na Minha Terra” e “Frei Luís de Sousa”. Morreu em Lisboa aos 55 anos de idade. Os seus restos mortais viriam a ser depositados, primeiro no Mosteiro dos Jerónimos, em 1903; e mais tarde no Panteão Nacional (Santa Engrácia), aquando da inauguração deste monumento nacional, em 1966.

publicado por j.gouveia às 09:36

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano