.Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Tudo o que existe no mundo é nosso, então também é...
O mundo é nosso!?Só que é mais de uns do que outro...
Se um antigo presidente foi para a prisão signific...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

Em destaque no SAPO Blogs
pub

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe (2019) 27 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 692 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > https://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Sábado, 9 de Janeiro de 2021

MUNDO, CENTENÁRIO DE AGNES KELETI

O truque é não se olhar no espelhomm.jpg

A mais velha campeã olímpica do mundo, a ginasta húngara Agnes Keleti, festeja hoje (9 de Janeiro de 2021) o seu 100.º aniversário. Referência na ginástica artística mundial, a sua existência ficou ainda marcada pela experiência dramática do Holocausto, onde perdeu quase toda a família (de origem judia) nos campos de concentração. A sua sobrevivência deve-se a muitos disfarces e falsificações de identidade para escapar aos nazis.

Natural de Budapeste, iniciou-se na ginástica aos seis anos de idade. Quando se preparava para competir a nível internacional, foi “apanhada” pela II Guerra Mundial e com a ascensão de Hitler na Europa. Passados os anos de “medo e de luta pela sobrevivência”, Keleti retomou a carreira de atleta e tornou-se imparável na conquista de “títulos nacionais, europeus e olímpicos”, com destaque para as cinco medalhas de ouro nas Olimpíadas de Helsínquia (1952) e Melbourne (1956).

Apesar de centenária, considera-se ainda jovem: "Sinto-me bem: o truque é não precisar de se olhar no espelho. Foi assim que me mantive sempre jovem”, disse aos jornalistas. “Não me deixam fazer o exercício de abrir as pernas. O meu enfermeiro acha que é pedir muito na minha idade”, acrescentou a atleta de ouro em “tom de brincadeira”, enquanto exibia um novo livro publicado por ocasião dos seus 100 anos. Além disso, confessou: “Eu praticava desporto não porque isso me fazia bem, mas para ver o mundo”.  A música também foi uma das suas paixões: “Eu era violoncelista. Amava música e podia escolher a música que me desse os movimentos. (...) Gostava de me mover junto com a música”. Quanto à alimentação, não tem grandes restrições e gosta de “comer chocolates”.

publicado por j.gouveia às 16:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

MUNDO, NOVAS DÚVIDAS EXIGEM MAIOR ATENÇÃO

Em quem acreditar?

No civismo ou no cinismo? Na dúvida ou na desconfiança? Na aversão ou no ódio dos políticos candidatos à presidência da República? São perguntas que se impõem numa altura em que se aproxima o dia da eleição, 24 de janeiro, do novo Presidente da República (2021-2026). Não embarcamos na lengalenga politiqueira, na avalanche oca dos candidatos, nos mil e um feitos e defeitos que todos aparecem a combater com toda a valentia do mundo. Portugal é dos países mais pobres da União Europeia. O nosso país tem os salários mais baixos, uma baixa produtividade per capita, qualificações profissionais aquém das necessidades e uma distribuição de riqueza que, nalguns sectores, roça a exploração da escravidão humana.

Quando as coisas correm mal os políticos e governantes rebuscam exemplos de outros países, em vez de nos darem soluções. Mas os outros não somos nós, nem nós somos os outros, passe a redundância. Donald Trump e Joe Biden são políticos de uns Estados Unidos “potência mundial”, podem cometer misérias que continuam incomparavelmente mais ricos e mais poderosos do que qualquer outro país, incluindo a Rússia, China e Alemanha. Não devemos aceitar comparações incomparáveis. René Descartes (1596-1650), filósofo e matemático francês, dizia que nem tudo o que parece é: “um telefone tem campainha, a escola tem campainha, mas a escola não é um telefone nem o telefone é uma escola”.fc (2).jpg

Em quem acreditar? Devemos sempre pôr em causa o que nos dizem ser verdadeiro? Devemos dar mais atenção e valorizar o método da dúvida cartesiana? As redes sociais (internet) são potencialmente vias de comunicações perigosas, porque por detrás do écran podem estar (e estão) graves inconveniências? Se até os presidentes da República mentem; se até os governantes mentem; se até os políticos mentem; se até os superiores magistrados da justiça mentem; se até as autoridades policiais mentem; como podemos aceitar tudo como verdadeiro o que nos dizem? Só há uma maneira: Duvidar sempre até o pleno conhecimento dos factos. O futuro passa depressa e o presente já é passado. Com optimismo, apesar de tudo. Bom Ano!   

publicado por j.gouveia às 12:23

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano