.Janeiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30
31

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Viu-se nesta campanha o lado sujo da política.
Vivi alguns anos na Praça Luís de Camões e fui mui...
Vou votar logo de manhã

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe (2019) 27 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 692 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > https://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2020

PROF. EDUARDO LOURENÇO, HERÓIS DE PORTUGAL

j (2).jpg

Um dos heróis de Portugal – Eduardo Lourenço, deixou-nos neste dia simbólico do 1.º de Dezembro, como salientou o Presidente da República, aos 97 anos de idade. Herói notável, não pelas armas de guerra, escaramuças políticas, antagonismos ou rivalidades insolúveis, mas herói pelas ideias, pensamento humanista, acção conciliadora, grandeza universal.

Partiu hoje o Professor Eduardo Lourenço (1922-2020), um dos mais reconhecidos e admirados portugueses de todos os tempos, que nos ajudou a ler o passado histórico com respeito, interpretando os valores supremos da reflexão adequada às circunstâncias do viver presente, em que precisamos de conhecer as origens da nossa existência para melhor colaborarmos na construção do futuro. Foi essencialmente um filósofo e um ensaísta, com ligações à literatura (recorde-se o seu interesse em especial por Antero de Quental e Fernando Pessoa), só  comparável a outros notáveis como Sampaio Bruno (século XIX) e António Sérgio (séc. XX); e no que respeita à Europa, esteve ao nível, por exemplo, do também grande George Steiner, que morreu no passado mês de Fevereiro, aos 90 anos de idade.

O Prof. Eduardo Lourenço pertenceu, aliás, a uma geração de notáveis – nascida nos anos 20 do século passado, que marcou a nossa identidade cultural em vários campos e pode ser entendida como um “berço” de heróis. Recordemos alguns:
- Joaquim Barradas de Carvalho (1920-1980);
- Jacinto do Prado Coelho (1920-1984), escritor e Prof. universitário;
- Ruben A. (1920-1975), ficcionista e ensaísta;
- Maria Judite de Carvalho (1921-1998), escritora;
- Jorge Braga de Macedo (1921-1996), historiador e Prof. universitário;
- José Augusto França (1922-), ensaísta, historiador e ficcionista;
- Agustina Bessa Luís (1922-2019), escritora;
- José Saramago (1922-2010), escritor, Nobel da Literatura em 1998;
- Eugénio de Andrade (1923-2005), poeta;
- Natália Correia (1923-1993), poeta, ensaísta, romancista e investigadora literária;
- António Quadros (1923-1993), ensaísta e Professor;
- Mário Cesariny (1923-2006), poeta;
- Sebastião da Gama 1924-1952, poeta e pedagogo;
- Alexandre O’Neill (1924-1986), poeta;
- Luís Filipe Lindley Cintra (1925-1991), investigador e ensaísta;
- António Alçada Baptista (1927-2008), ensaísta, ficcionista e memorialista;
- Lima de Freitas (1927-1998), pintor e ensaísta;
- David Mourão-Ferreira (1927-1996), poeta, ensaísta, ficcionista, Prof. universitário...

Numa nota do Presidente da República a propósito da morte de Eduardo Lourenço, lemos que: “Eduardo Lourenço foi, desde o início da segunda metade do século passado, o nosso mais importante ensaísta e crítico, o nosso mais destacado intelectual público"; e em declarações aos jornalistas presentes nas cerimónias comemorativas do dia da Restauração da Independência (em Lisboa), Marcelo Rebelo de Sousa disse que: "Portugal está-lhe muito muito grato, foi praticamente um século de serviço à nossa Pátria”.

publicado por j.gouveia às 13:47

link do post | comentar | favorito

PORTUGAL, 1 DE DEZEMBRO DE 1640

pr (2).jpg

Um dia histórico que assinala a Restauração de Portugal, após sessenta anos sob o domínio espanhol. Neste video (https://www.youtube.com/watch?v=7R7iMxPAUzQ), o Professor-Historiador José Hermano Saraiva, faz a mais completa narrativa sobre o acontecimento que restituiu a plena soberania a Portugal. Recomenda-se.

publicado por j.gouveia às 12:43

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

MEMÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA

res (3).jpeg

No calendário do tempo real, quer se queira ou não, entramos hoje no mês de Dezembro  - o último do ano civil, e com muitas coisas ainda por concretizar. Resta fazer o balanço que a memória permite e recordar o que de significativo, histórico ou mais interessante aconteceu no passado distante ou recente. Nestas circunstâncias, é relevante lembrar a "proclamação da "Restauração da Independência de Portugal", em 1640, que deu início à "Dinastia de Bragança" com D. João IV.

Outro facto, também significativo em termos nacionais, foi o "Censo da População de Portugal", realizado a 1 de Dezembro de 1911, em que se apurou "uma população de quase 6 milhões de habitantes (5.960.056) no território continental e insular"!, o que representa um "aumento de 9,9% em relação ao censo de 1900". Lisboa concentrava então "mais de 435.000 habitantes, o que representa um crescimento de 22% em relação ao início do século." Conclusão, a população portuguesa estava a crescer, apesar da emigração e das mudanças para os territórios ultramarinos, e das carências a nível material e cultural.

País envelhecido

Comparando com o que se passa hoje, é caso para nos questionarmos o rumo que o País está a tomar face a toda a sorte de desafios e interdependências mundiais, dado que nos encontramos entre os países mais envelhecidos e com um decréscimo demográfico acentuado. Até que ponto a presente situação populacional portuguesa irá garantir no próximo futuro  a "independência" de Portugal, como aconteceu em 1640..., mas isso é outra história.

Precisamos de "valores" que espevitem a nossa acção para sermos grandes em qualquer época, talvez o problema esteja aí. Como bem afirmou  o nosso  Alexandre Herculano (1810-67), grande historiador, escritor, investigador e político: "Na maioria das sociedades actuais falta aos homens públicos o valor não só para ousar o bem mas, até, para praticar francamente o mal. Deste facto psicológico, que assinala as épocas de profunda decadência moral, deriva a hipocrisia".
 

publicado por j.gouveia às 10:04

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano