.Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Concordo inteiramente com Platão. Joaquim Cosme
Com humor diz-se verdades. Os meus parabéns.
Como é que esta gente pode construir um futuro mel...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe 18 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 455 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > https://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Domingo, 22 de Abril de 2018

MENTE APRISIONADA - O MUNDO DOS NOSSOS DIAS

Em cada tempo, há todo o interesse em aprender com os mestres, regressar ao passado, voltar às lições intemporais, seguir o pensamento de escritores, para que se possa compreender o estado do mundo e da humanidade, em diversos campos.

Nada do que hoje se vive, em termos das raízes e da evolução da História, é novo, só as aparências e as vontades é que mudam, como lembrava Camões ou como se pode testemunhar pelo   livro “A Mente Aprisionada”, do poeta e escritor polaco Czeslaw Milosz, Prémio Nobel da Literatura em 1980.

Trata-se de uma obra ímpar, fundamental, no estudo do "totalitarismo", escrita durante o exílio do autor e publicada há 65 anos. “Este livro foi escrito entre 1951 e 1952, em Paris, quando a maioria dos intelectuais franceses não via com bons olhos a dependência do seu país em relação à ajuda americana, e depositava as suas esperanças no novo mundo a Leste, governando por um líder de uma sabedoria e de uma virtude incomparáveis: Estaline”.

E1.jpg

Assim começa Czeslaw Milosz (1911-2004) o livro, numa nota do autor aditada em 1981, em que afirma que aqueles que se atreviam a mencionar uma rede de campos de trabalhos forçados como alicerce de um suposto sistema socialista eram atacados e ostracizados pelos seus pares.

“Talvez na minha parte da Europa, várias das minhas análises surjam como óbvias, mas o poder de atracção do pensamento totalitário seja ele de esquerda ou de direita, não é coisa do passado; pelo contrário, parece estar a aumentar”, considera o autor.

O tema em discussão na obra é a vulnerabilidade da mente do século XX, perante as doutrinas sociopolíticas e a sua predisposição para aceitar “o terror do totalitarismo em nome de um futuro hipotético”, explica.

O livro transcende limitações de tempo e de lugar, quando explora as causas profundas do anseio por uma certeza qualquer, por mais ilusória que seja.

ESC.2.jpg

“A Mente Aprisionada” apresenta-se como uma “viagem” pelo mundo habitado pelos intelectuais de Varsóvia, de Praga, de Bucareste e de Budapeste, que lhe é familiar, mas que ao leitor poderá parecer “estranho”, no qual tenta explicar “como funciona a mente numa democracia popular”.

E se o conseguiu, foi porque “o sistema inventado por Moscovo” lhe parecia “estranho”: “Toda a civilização, se olhada de uma perspectiva simples e ingénua, apresentará uma série de características bizarras, mas que todos aceitam como perfeitamente naturais porque lhes são familiares”.

Ao mesmo tempo, Milosz utilizou o seu livro como “um campo de batalha”, no qual deu forma ao seu combate contra a doutrina que rejeitou, utilizando um método particular: o de dar armas ao inimigo, seguir a sua argumentação e, em alguns casos, copiar-lhe o raciocínio. “Por outras palavras, procuro recriar as etapas ao longo das quais a mente vai cedendo a uma compulsão exterior e refazer o caminho que, nas democracias populares, conduz os homens à ortodoxia”, explica o autor.

E3.jpg

“A Mente Aprisionada” é um livro escrito com um "estilo narrativo incisivo e sardónico, erudito e eloquente, que conjuga reflexão filosófica e política, com descrição biográfica quase ficcional".

Em resumo, uma lição intemporal que se recomenda para a compreensão do mundo nos nossos dias.

publicado por j.gouveia às 11:06

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

CORES DA PRIMAVERA

cp1.jpgfpentro.jpgfp2.jpg

publicado por j.gouveia às 10:45

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano