.Setembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
25
26
27
28
29
30

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Um povo sábio... não fosse Jesus um judeu!
Dizem que os museus portugueses têm muito pouca se...
O cemitério dos judeus já não se encontra degradad...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe 18 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 455 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > https://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Quarta-feira, 14 de Março de 2018

MEMÓRIA DE STEPHEN HAWKING

O Vaticano assinalou a morte do físico e investigador britânico Stephen Hawking, falecido esta quarta-feira (14 de Março),aos 76 anos.

Hawking, membro da Academia Pontifícia das Ciências (APC) desde 1986, é recordado pelo portal ‘Vatican News’ como “um dos cientistas mais conhecidos do mundo ao abordar temas como a natureza da gravidade e a origem do universo”.

H2.jpg

O cientista foi recebido ao longo da sua vida por quatro Papas: Paulo VI, em abril de 1975; João Paulo II (ver foto), em outubro de 1981; Bento XVI, em outubro de 2008; e Francisco, em novembro de 2016, lembra a Agência Ecclesia. Hawking, físico destacou-se  na área da "teoria da relatividade" e dos "buracos negros".

O Observatório Astronómico do Vaticano publicou uma mensagem para unir-se ao “luto” da família, manifestando o apreço da instituição “pelo contributo científico” que Stephen Hawking deu “à cosmologia quântica” e agradecendo “a coragem que teve ao enfrentar a doença”. Apesar de sofrer de esclerose lateral amiotrófica desde os 21 anos, Hawking conseguiu viver mais de 50 anos com esta doença.

publicado por j.gouveia às 14:24

link do post | comentar | favorito

HAWKING - O ADEUS DO GENIAL CIENTISTA

f3.jpg

Faleceu, hoje, Stephen Hawking (1942-2018), famoso físico inglês que “apesar de paralisado por uma doença degenerativa, se tornou celebridade por produzir algumas teorias fundamentais da física moderna”. Em 1965, com 21 anos, foi-lhe diagnosticado esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que, de acordo com os médicos, não teria mais de dois anos de vida.

Em 1988, publicou “Uma Breve História do Tempo” - livro que fala sobre a origem do universo. Hawking desvenda desde os mistérios da física de partículas até a dinâmica que movimenta centenas de milhões de galáxias por todo o universo”.

São da sua autoria teoremas considerados fundamentais, entre outros “a existência de um ponto com força gravitacional no centro dos buracos negros capaz de atrair qualquer coisa (similar ao acúmulo de energia infinita que deu início ao Big Bang).

Para além dos vários prémios recebidos, Hawking foi laureado “pela descoberta da radiação dos buracos negros, pela sua contribuição à física quântica e pelos estudos sobre a origem do universo”.

f1.jpg

Uma celebridade que se “despede” aos 76 anos. Gostava de viajar e, por mais de uma vez, passou férias na Ilha da Madeira.

publicado por j.gouveia às 14:12

link do post | comentar | favorito

PRÉMIO D.DINIZ PARA HÉLDER MACEDO

Camões e Outros Contemporâneos” (Presença, 2017), de Helder Macedo, venceu a edição de 2018 do prémio D. Diniz, atribuído pela Fundação Casa de Mateus.

Coligindo 25 textos dedicados a autores de diferentes épocas, desde o próprio D. Dinis, patrono deste prémio, a poetas mais literalmente contemporâneos do autor, como Mário Cesariny, Herberto Helder ou Manuel de Castro, o livro foi a escolha unânime do júri, composto pelos poetas e ensaístas Nuno Júdice, Fernando Pinto do Amaral e Pedro Mexia.

> Poeta e romancista reconhecido, Helder Macedo oferece-nos neste livro da sua vertente ensaística um percurso pela literatura portuguesa, da Idade Média à actualidade, em que a familiaridade com os grandes autores do passado e os do presente nos aproxima do seu universo, cruzando criação e vida”, diz a acta do júri, que assinala ainda a coincidência de o prémio ser atribuído “a uma obra que começa precisamente pela análise inovadora de uma cantiga de amigo do rei poeta que o nome do prémio celebra”.

Helder Macedo torna-se assim o segundo autor, depois de Mário Cláudio com o seu romance autobiográfico Astronomia, a vencer o Prémio D. Diniz desde que este foi retomado após ter estado alguns anos suspenso. Criado em 1980, quando galardoou Agustina Bessa-Luís e Almeida Faria.

h1.jpg

Hélder Macedo nasceu em Krugersdorp, perto de Joanesburgo, África do Sul, a 30 de Novembro de 1935, mas passou a infância em Moçambique até 1948, ano em que veio para Lisboa, onde frequentou a Faculdade de Direito, entre 1955 e 1959.

No início da década de 60 mudou-se para Londres, onde se licencia em Estudos Portugueses e Brasileiros, e História. Em 1971, inicia a sua carreira académica no King’s College, em Londres — onde obtém o doutoramento na área de Letras; a partir de 1974 ensinou em várias universidades, como Harvard (E.U.A.), EHECS (França) e a Universidade de São Paulo (Brasil). Especializou-se nas obras de Camões, Bernardim Ribeiro e Cesário Verde.

publicado por j.gouveia às 11:38

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano