.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
23
24
25
26
27
28

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Há muitos ainda, só que a maior parte estão bastan...
Uma infeliz afirmação não justifica a outra. Mais ...
Os artigos do Pe. Gameiro são lições de humanismo....

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe 18 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 455 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > http://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Sábado, 6 de Janeiro de 2018

OS REIS MAGOS

Compreensão do político

e religioso em conflito complexo

Santos Inocentes e Epifania formam um só drama. Ao dizer a jovens que se ia celebrar a festa dos cinco reis, perguntaram: cinco? Uma jovem acertou nos cinco. Sim, são cinco e formam três lóbis; um mau e outro o divino (e sua companhia) a quem os três querem adorar, e o terceiro, a maioria, observa, procura.

A narrativa simbólica de Mateus dos três magos ou sábios do oriente narra o primeiro julgamento de Jesus, semelhante ao da Paixão. Na Epifania-Reis antecipa-se o julgamento de Cristo: deve morrer, decide Herodes. No de Jerusalém contracenam três lóbis: Cristo e as suas testemunhas, as crianças, os pastores, os pobres; o segundo do Sinédrio e os seus magistrados acusadores decidem: deve morrer; o terceiro é o público massificado, indiferente; ou curioso que procura.

ri.jpg

Alguns buscam a verdade. É multidão manipulável. O Sinédrio-sacerdotes compra Judas, manipula Pilatos e lava o cérebro à multidão, decide que Jesus Cristo, o inocente, Deus feito homem, deve morrer; ele e os que acreditam e o seguem, tal como hoje.

No cenário dos três reis sábios do Oriente à procura do Rei dos judeus para o adorar, com efeito, há três grupos. O Deus Menino com Nossa Senhora, S. José, Santa Isabel, a que se juntam os pastores, os pobres, os pequenos e os três reis magos vindos de longe.

Forma o segundo grupo o rei rival Herodes, cheio de raiva, hipócrita, fantoche do poder romano; finge estar ao lado dos três fiéis adoradores, mas, astuto, já congemina matar o Menino-Rei, suposto rival, enganando os sábios seus adoradores.

No mesmo grupo, os príncipes dos sacerdotes e os escribas. E logo, às suas ordens, os soldados assassinos dos bebés da idade de Jesus Menino. E o terceiro lóbi? É um grupo indefinido de indiferentes, de acompanhantes dos magos, das famílias das crianças assassinadas. Incluem-se os que guiam e acolhem a Sagrada Família no Egito.

r2.jpg

A maioria deste grupo é dos que nem sim nem não, nem dum lado nem do outro. Nem adoradores nem perseguidores do Rei Menino. Os indiferentes, relativistas agnósticos do cenário da Epifania como os da multidão diante de Pilatos. Só uma parte busca Jesus com sinceridade.

Neste julgamento de Belém desenrola-se a astúcia mentirosa de Herodes e a indiferença de não fazer nada. O Menino está condenado a ser morto e com ele tantos outros meninos do lado de Jesus pelos do lado anti-Jesus. Muitas tentativas de julgamentos semelhantes se repetiram na vida de Jesus.

E o desfecho veio trinta e três anos mais tarde diante do Sinédrio, da sua camarilha de legalistas e de Pilatos. Sinedritas, príncipes, fariseus, escribas levaram a multidão a pressionar o “rei” Pilatos, o representante da maior potência desse tempo.

r6.jpg

O poder político religioso amedronta e fá-lo marioneta. Aceitou trocar Jesus, o inocente silencioso, pelo criminoso Barrabás e condenou Jesus à morte na cruz.

Ao lado de Jesus, ficaram firmes poucas mulheres, sua Mãe, João Evangelista, alguns apóstolos e discípulos com o Pedro, fraco, renegado e arrependido, os pobres, doentes e pequenos do Evangelho, o bom ladrão...Da massa dos indiferentes destacam-se os desejosos da verdade e justiça de Jesus: José de Arimateia, Nicodemos, o Centurião e outros.

Os julgamentos do Natal e do Pretório repetem-se milhares de vezes com Cristo e seus fiéis, os mártires no Império Romano, tempos dos bárbaros, guerras maometanas, perseguições político religiosas do século XVI, Revolução Francesa, nos países de missão, carnificinas nazis, comunistas, em dezenas de países, e vários golpes republicano-maçónicos até aos de hoje.

r3.jpg

Em todos os fenómenos a mistura do político e do religioso, com três lóbis contrapostos, está presente e convida a perguntar: onde está Jesus Cristo e os seus fiéis; onde estão os continuadores do Sinédrio?

E as multidões dos indiferentes, agnósticos, relativistas, ateus militantes, e alguns movidos pela retidão e sinceridade que buscam Cristo e as suas presenças e rostos, os pobres, doentes, mártires da fé.

Quanto mais se analisa este paradigma de compreensão do político e religioso em conflito complexo, mais se descobre que ajuda a entender o contraste entre o kosmos (em grego=ordem) cristão e o kaos (desordem) anti-cristão em que muitos arriscam perder-se.

Não se vislumbra um paradigma de compreensão alternativo. E de ordem cristã? Contudo, os “sinedritas”, e os herodes de todos os tempos, teimam impor o cosmos do messias-rei-dinheiro contra o Rei Menino de Belém.

(Funchal, Epifania de 2018 / Aires Gameiro)

publicado por j.gouveia às 14:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

HOMENAGEM A CASIMIRO DE BRITO

Na próxima quarta-feira (10 de Janeiro), entre as 18 e as 21 horas, a "Livraria Leituria", na rua D. Estefânia, em Lisboa, acolhe uma Sessão de Homenagem ao poeta Casimiro de Brito, com leitura de poemas.

Por ocasião dos 80 anos do poeta, o PEN Clube Português, associação da qual Casimiro de Brito foi Presidente, durante vários anos, decidiu render-lhe uma homenagem informal, convidando todos a estarem presentes para uma leitura de poemas.

E1.jpg

Casimiro de Brito nasceu em Loulé, em 1938. Viveu a sua infância na região algarvia e frequentou a Escola Comercial de Faro. Depois de uma passagem por Londres, em 1958, fundou e dirigiu com António Ramos Rosa os "Cadernos do Meio-Dia" (1958-60), onde se revelaram os poetas do grupo Poesia 61. Fixou-se em Lisboa, em 1971, desempenhando funções no sector bancário, depois de ter vivido três anos na Alemanha.

publicado por j.gouveia às 10:20

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano