.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Morrer à fome... isso nem noutros tempos. Só de lo...
Um pensador a quem a nossa democracia muito deve.
Para quê remexer numa coisa que foi drástica e já ...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe 18 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 455 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > http://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2017

MATA HARI OU A ESPIONAGEM NO FEMININO

Vivia "à grande e à francesa"

Mata Hari foi fuzilada, em outubro de 1917, sob a acusação de ser uma agente dupla, a favor da Prússia e da França, ao mesmo tempo, em plena Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Cem anos depois, continua a suscitar polémicas e curiosidades.

O seu verdadeiro nome era Margaretha Zelle, mas passou à História como Mata Hari. Natural da Holanda, tinha 27 anos quando chegou a Paris, em 1903, após divórcio de casamento (o marido era um oficial da Marinha 20 anos mais velho que ela) e tornou-se modelo do pintor Octave Guillonnet.

Começou então a dançar em salões privados com o cognome de Lady Mac Leod, antes de ficar famosa como Mata Hari ("o Sol" em malaio), com "danças indianas", como se lembrava da época em que viveu com o marido nas Antilhas Holandesas.

Emile Guimet, fundador do museu parisiense de artes asiáticas, abriu-lhe a sua sala de espectáculos para actuações artísticas que ficaram famosas e se prolongaram até aos teatros parisienses da moda, como o Folies-Bergère e o Olympia, bem como a outras capitais europeias.

h2.jpg

Viveu nos Champs Elysées, a principal avenida de Paris, onde foi cortesã, chegando a ter ministros entre os seus clientes. Vivia “à grande e à francesa”, até explodir a guerra, em 1914. E, em 1915, Margaretha Zelle ou Mata Hari regressou à Holanda. No início de 1916, endividada pelo seu estilo de vida, aceitou que um diplomata alemão pagasse as suas dívidas em troca de informação. Tornou-se assim a “agente H 21”.

De volta a Paris, conheceu o capitão Ladoux, um oficial de contra-espionagem, que não confiava muito nela. Mas Mata Hari estava convencida que ninguém lhe poderia fazer mal, porque se relacionava muito com ministros e políticos em geral, e achava-se intocável. No entanto, Ladoux preparou-lhe uma armadilha. Incumbiu-a de diversas missões e vigiou-a.

No Verão de 1916, aumentaram as suspeitas quando ela se apresentou no serviço de informação do Exército francês a pedir um salvo-conduto para ir a Vittel, onde a França construía uma base aérea. Conseguiu o passe, mas foi o princípio do fim. No início de 1917, interceptaram uma mensagem da Alemanha que provava que “H 21” era uma agente dupla.

h1.jpg

Segundo historiadores, os alemães sabiam que os franceses decifrariam o texto, o que significa que a abandonaram à própria sorte intencionalmente. Foi detida em Fevereiro, no então Hotel Palácio do Eliseu (hoje sede do Executivo francês) e levada para a prisão. Pouco tempo depois, foi condenada à morte e acabou por ser fuzilada, em outubro de 1917, aos 41 anos de idade.

No fim, quando lhe perguntaram se tinha alguma revelação a fazer, Mata Hari teria dito: “Nenhuma. E se tivesse alguma guardaria para mim”. A sua fama continuou para além da morte; e seu mito de “bailarina e mulher fatal” tem inspirado cineastas, escritores e investigadores.

publicado por j.gouveia às 17:02

link do post | comentar | favorito

PAGAR EM DINHEIRO TEM LIMITES

Portugal é o único país da União Europeia a impor limites nos pagamentos em dinheiro. Pagar em notas ou moedas só é permitido em compras até 3 mil euros, seja para os particulares como para as empresas. Uma medida que está a gerar alguma polémica, mais agora na quadra de Natal. 

A Assembleia da República aprovou uma legislação que proibe pagamentos em dinheiro acima dos três mil euros. “É proibido pagar ou receber em numerário em transacções de qualquer natureza que envolvam montantes iguais ou superiores a 3.000 euros ou o seu equivalente em moeda estrangeira”. 

Claro que não são muitos os portugueses (bem pelo contrário) a efectuar compras da ordem dos três mil euros e os que têm tal possibilidade recorrem ao pagamentio fracionado até atingir tal montante ou mais.

d1.jpg

 

Uma lei contra-natura difícil de aplicar. Há notícia de um deputado a pagar em notas, no C.C. das Amoreiras (Lisboa), por compras efectuadas no valor superior aos três mil euros. A lei quase que obriga ao uso do cartão multibanco (dinheiro plástico). É o primeiro Natal em que tal acontece.

publicado por j.gouveia às 08:14

link do post | comentar | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano