.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
24
25
26
27
28
29
30

.Sondagem

.ROINES RUTIS

O site - www.rutis.org

.Comentários

Uma mulher de armas numa fase de dura vida no noss...
Só há uma diferença: enquanto o dia da mulher, com...
Apesar de tudo nós desejamos ter cada vez mais tur...

.Arquivos

AGENDA ROINESXXI

.Links

.SENIORS - MAYORES - ANZIANI - 前輩 > SENIOR LIFE IN THE WORLD

ROINESXXI = SÉNIOR do século XXI | Journal du XXI siècle - Journal of XXI century - Diario del siglo XXI – Jornal do século XXI - Journal di XXI secolo | Portugal tem 245 universidades seniores, 35 mil alunos e 4.500 professores voluntários | Museu do Louvre (Paris) recebe 10 milhões de turistas/ano, Portugal recebe 18 milhões de turistas | Portugal apresenta o mais baixo nível salarial dentro da Zona Euro | Lisboa é das cidades mais "baratas" da Europa, Zurique é a mais cara | Mais de 455 mil pessoas já viram este blog | Tríade para ser feliz: QUERER, APRENDER, FAZER | A Constituição Portuguesa tem 296 artigos | Portugal tem 308 municípios e 3 091 freguesias | Dia dos roinesianos é a 19 de Fevereiro | Existem no mundo mais de 2.700 línguas, a mais falada é o mandarim | Cabo Girão (na Madeira) é o promontório mais alto da Europa e o 2.º mais alto do Mundo | A igreja Católica em Portugal tem 52 bispos e 3.797 padres | Blog ROINESXXI / address > http://roinesxxi.blogs.sapo.pt/
Quinta-feira, 8 de Junho de 2017

A HISTÓRIA DA "BANQUEIRA DO POVO"

A história da “banqueira do povo” que oferecia juros de 10 por cento, gostava de champanhe, tinha passe da Carris, foi condenada a 10 anos de prisão e morreu sozinha, num lar, está agora relatada num livro do jornalista Pedro Prostes da Fonseca intitulado  “Dona Branca – A Verdadeira História da Banqueira do Povo” (Dream Editora).

bp.jpg

A mulher que deu milhares de escudos a ganhar a milhares de pessoas ao longo de anos, numa actividade que, na altura, levantava dúvidas de legalidade, com juros seis vezes mais altos do que os praticados pelos bancos, foi condenada aos 78 anos pelo crime de burla agravada e pela emissão de 31 cheques sem cobertura. Deixou centenas de lesados.

Além de revolver o processo legal do primeiro escândalo financeiro da democracia portuguesa, o jornalista conta a vida de Branca dos Santos, nascida em 1911. Não sabia ler, apenas sabia assinar o nome, mas tinha muito jeito para os números.

Ao longo de 228 páginas, o autor do livro conta ainda como começou, na década de 40 do século passado, o negócio de emprestar dinheiro, a começar pelas peixeiras, as varinas na zona do Intendente, em Lisboa. “Guardava o dinheiro da venda das varinas, recebendo no final dos dias uma pequena compensação. Com o tempo, acumulou o suficiente para emprestar, com juros, às varinas para irem à lota comprar peixe, copiando o negócio da Nazaré”, descreve Pedro Prostes da Fonseca. A vida corre-lhe bem e recebe uma herança, permitindo-lhe ter mais dinheiro, e o negócio de "banqueira" cresce muito nos anos 70 e 80, mesmo no meio de uma crise. O êxito foi tal que acabou por ditar o seu fim.

bp1.jpgbpp.jpg

Entre os amigos da “banqueira”, contavam-se “políticos, magistrados, artistas e figuras da televisão como Ribeirinho, Henrique Santana ou Camilo de Oliveira”. Para escrever este livro, Pedro Prostes da Fonseca consultou o processo judicial que acabou com a condenação de D. Branca a 10 anos de prisão, dois anos antes de morrer, em 1992. Nas notas finais, o autor faz um paralelo, que “poderá, à primeira vista, parecer descabido”, com os casos que envolveram vários bancos nos últimos anos.

publicado por j.gouveia às 12:15

link do post | comentar | favorito

PUBLICIDADE IN ILLO TEMPORE

A vida entre o campo e a cidade tem muitas singularidades que, por vezes, nos escapam. Nas aldeias, a publicidade é mais autêntica, sem artificialismos nem sofisticado marketing, sem paleta de cores nem holofotes. A publicidade à moda antiga informa com maior eficácia. Letreiros, reclames, tabuletas, chamam à atençao.

In illo tempore (naquele tempo) o comércio tinha mais familiaridade entre vendedor e comprador, empregado e cliente. As disciplinas "Noções de Comércio" e "Mercadorias" davam ensinamentos para quem exercia a actividade comercial.

pub.jpg

 

No presente, as catadupas de imagens e spots publicitários na televisão, rádio e imprensa, têm mais parra que uva. Na foto (no Ribatejo), o letreiro diz tudo. E a loja tem boa clientela. Com a vantagem da "entrega ao domicílio", serviço que as grandes superfícies não prestam. Um boa iniciativa em prol do comércio tradicional.

publicado por j.gouveia às 11:45

link do post | comentar | favorito

PRESIDENTE PORTUGUÊS NA "PÁTRIA AÇORIANA"

O presidente da República portuguesa esteve uma semana na “Pátria Açoriana” a dizer aos ilhéus que os “Açores é Portugal”. Marcelo Rebelo de Sousa, para quem acompanhou os seus passos pelas sete ilhas que visitou, “até parecia ser mais açoriano que os açorianos”. Arre!

afoto2.jpg

Rui Medeiros, líder da FLA (Frente de Libertação dos Açores), tudo fez para levar por diante mais uma manifestação pela Independência do Arquipélago, aproveitando a ampla presença da comunicação social que foi do Continente a reboque de Marcelo, mas o bloqueio foi total. Os mass-media continentais, a soldo do poder instituído em Lisboa, apenas viram “o portuguesismo açoriano” e nada de “anti-colonialismo português”. Foi um debalde para os que lutam pela independência.

Se Portugal põe em dúvida o querer do povo açoriano, residente e na diáspora, então permita a realização de um Referendo, tantas vezes solicitado. Seria, no mínimo, um acto nobre da democracia. Portugal receia pelo resultado de um Referendo? Açores independente, versus Açores americano, qual o mal? Os americanos já lá estão, na base das Lajes, mas não só.

afoto1.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa prometeu voltar aos Açores em Outubro para percorrer São Miguel e Santa Maria, as duas ilhas que agora não visitou. Nunca um presidente português se mostrou tão interessado pelo arquipélago. Por muitos beijos, abraços e sorrisos amplificados que o presidente de Portugal possa distribuir, a causa da independência açoriana “jamais deixará de existir”, asseveram líderes e milhares de simpatizantes da FLA, no arquipélago e na emigração.

publicado por j.gouveia às 10:32

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito


REDE
UNIVERSAL
DE NOTÍCIAS

João Godim

FREELANCER


contador de visitas
Contador de visitas
Diseño Web Sevilla



Mil Canções
dos últimos 30 anos


>REPORTAGENS

>EUROPA DIRECT

>METEOROLOGIA

>SOS URGENCIAS

>AEROPORTO LISBOA

>AEROPORTO MADEIRA

>TABELA DE MARÉS

.Fotos


GALERIA ROINESXXI
ROINES NOS MEDIA

.subscrever feeds

.pesquisar

 

EUROMILHÔES


BLOGS RECOMENDADOS


Ecclesia
Museu da Imprensa
Regador do Frei Boléo
Começar de Novo
Contextos Históricos
Portugalidade
USTV
Diversidades
Motivo(s) em foco
Guiné - Bart 1914
A TERRA E A GENTE
Actualidade
O Guardião
Fernando Pessoa
Eça de Queiroz
Laurinda Alves
Livros
Leituras
Livros em português
Hábito de Leitura
Casa dos Poetas
Biblioteca Nacional
Observatório da Língua
Língua Portuguesa no Mundo
NOVA ORTOGRAFIA
Português no Mundo Árabe
Observatório da Emigração


José Régio/João Vilaret
A Procissão/João Vilaret
Pablo Neruda
Gabriel Garcia Marques


Coro da Catedral
Projecto Tio
Televisão Saloia
U.Sénior Machico
U.Sénior Funchal
Academia Sénior
Gastronomia Madeirense

PAISES DO MUNDO

11 DE SETEMBRO 2001

ENCICLOPÉDIA UNIVERSAL

FILMES DE OURO

FILMES PORTUGUESES

LA BALLADE DES GENS HEUREUX
LA VIE EN ROSE
ODE TO MAASTRICHT

VIDEOS MUSICAIS

Amália Rodrigues
Conjunto Académico João Paulo / Sérgio Borges
Manuel Freire
António Prieto
Love Story
Demiss Roussos
Frank Sinatra
Sinatra e Jobim
Vinicius de Moraes
Roberto Carlos
Julio Iglesias
Chico Buarque
Elvis Presley
Conjunto João Paulo
Música árabe
Música céltica
Maria Callas
Laura Pausini
Andrea Bocelli
Música relaxante
Vangelis
Mozart
You light up my Life
Beethoven
Franz Liszt
BeachBoys
Beatles
Elton John
Gigliola Cinquentti
Edith Piaf
Celine Dion
Pavarotti
Louis Armstrong
Nat King Cole
Dont Worry Be Happy

AS MAIS FAMOSAS CANÇÕES DE NATAL

VIOLA OK
Viola clássica Viola/Guitarra
Guitarra/Carlos Paredes
Viola/Gips Kings
Viola/intantil!
Viola/genial!!!
Guitarra Espanhola
Viola:Over the Rainbow
Viola: Kenny Rogers
Viola:José Feliciano